Shineray Worker 125 ganha melhorias, mas preço encosta em R$ 9 mil

Primeiramente, a Shineray já está anunciando mudanças para a Worker 125, uma das poucas motos propriamente ditas da marca no Brasil. Apresentada no final do ano passado custando R$ 7.290, a moto chegou com uma proposta acessível e com visual diferenciado, apesar de ser bem enxuta em equipamentos de série.

Agora em abril, a marca postou em suas redes sociais um vídeo na vertical revelando algumas melhorias para Shineray Worker 125. É possível ver que a moto recebeu freio a disco dianteiro, tomada USB no guidão, bagageiro revisado e suspensões “maiores e mais confortáveis”. Pelas imagens, o conjunto parece ter recebido mais curso apenas.

Leia Também: Yamaha MT-03 ganha visual ‘robótico’ no Brasil

Shineray Worker 125 ganha melhorias

No entanto, estas são as únicas informações que a empresa anunciou até o momento, sem dar nenhum detalhe extra. O Motor1.com apurou que a nova Worker 125 também teria ganhado uma nova torneira de combustível (ela é alimentada por carburador), filtro (mas não especificaram de quê) e um misterioso “kit de tração” que nem as concessionárias souberam explicar.

Além de não ter divulgado os detalhes destas mudanças para a Worker 125, a Shineray também não atualizou a página da moto em seu site oficial. O modelo antigo, com freio a tambor dianteiro, ainda está anunciado por lá por R$ 8.490. No entanto, as lojas consultadas pelo Motor1.com na região da Grande São Paulo nos passaram R$ 8.990 como preço sugerido. E ainda há um porém: este valor é promocional e por tempo limitado, mesmo sem saberem quando a promoção acaba.

Sem informações técnicas divulgadas até momento, podemos trabalhar apenas com os (poucos) dados oficiais da moto antiga. A versão anterior da Worker 125 tinha um monocilíndrico horizontal de 123,6 cm³ alimentado por carburador. Ele era capaz de entregar 7,2 cv de potência a 7.500 rpm e 0,8 kgfm de torque a 6.000 rpm. O câmbio tem 4 velocidades. O peso declarado da moto era de 98 kg e ela utilizava rodas de 18 polegadas na frente e de 17 polegadas na traseira.

Visualmente, a Shineray Worker 125 não tem a aparência tradicional de uma moto utilitária. Ela traz um visual inspirado pelas Café Racer da década de 1960, com banco praticamente reto, com costuras transversais e cor marrom ou preta, dependendo da pintura. Além disso, o modelo tem um guidão levemente elevado, rodas raiadas pintadas de preto, guarda-pó para suspensão dianteira e um grande farol redondo com elemento cromado.

Fonte: motor1

Posts Relacionados Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!
Por:
Nova CG 2022
Nova NXR 160 2022