Quais as melhores motos para trabalhar com entregas?

No post de hoje vamos te ajudar a saber quais as melhores motos para trabalhar com entregas. Caso você precise de uma renda extra ou melhorar seu veículo de trabalho.

Antes da pandemia, muitos sem emprego formal já buscavam nos aplicativos de entrega uma fonte de renda. Agora, com mais pessoas em casa, a demanda por delivery deve aumentar ainda mais. E, infelizmente, o desemprego também.

Com isso, trabalhar de entregador ou motoboy pode ser uma fonte de renda nesse momento em que uma crise econômica gigantesca parece se aproximar. Você pode até trabalhar de bicicleta, mas de moto vai ter a chance de tirar uns trocos a mais.

Há motos que consomem muito combustível, fazendo com que o piloto se torne cara. Ainda, há casos em que as motos que são extremamente desconfortáveis e não oferecem a mínima estabilidade.

Assim, criamos essa pequena lista com motos para fazer entregas.

Quais as melhores motos para trabalhar com entregas?

1 – Honda CG 160 Cargo

Em primeiro lugar, a versão Cargo da popular Honda CG 160 vem equipada de fábrica com bagageiro que suporta até 20 kg e facilita a instalação de um baú ou a fixação de caixas. Segundo a marca, as suspensões são mais reforçadas para aguentar o peso das entregas. Outro diferencial da CG 160 Cargo é o cavalete central de série que ajuda a estacionar a moto com mais estabilidade para amarrar a carga.

No restante, é semelhante a CG 160 Fan. Tem motor bicombustível de um cilindro, 162,7 cm³ e produz cerca de 15 cv de potência máxima. Além disso, o consumo com gasolina pode passar de 40 km/litro. Com um tanque cheio, de 16,6 litros, dá pra rodar mais de 600 km sem abastecer.As rodas, de 18 polegadas*, são de liga-leve e usam pneus sem câmara. O freio a disco está só na dianteira, mas o sistema combinado com o freio a tambor na traseira ajuda a parar os 119 kg da moto com segurança. Painel digital com velocímetro, marcador de combustível e hodômetro completam o pacote.

A Honda CG 160 Cargo está disponível apenas na cor branca, com preço sugerido de R$ 10.300.

Por fim, vale destacar que essa moto é mais leve do que as outras da categoria.

Quais as melhores motos para trabalhar com entregas?

 

2- Honda Biz 110i

A Biz 110i surgiu em 2016 como uma opção mais barata (e simples) que a Biz 125, priorizando um valor importantíssimo para quem trabalha com entregas: economia. Aliás, no nosso teste sua média de consumo ficou em excepcionais 47,1 km/litro.

Há duas versões: uma com 125 cc, mais equipada, com rodas de liga-leve e painel digital; e a de 110 cc, mais simples e, importante, barata. A Biz 110 tem preço sugerido de R$ 8.150, mas suas rodas são raiadas e os freios, a tambor em ambas. O painel também é modesto, com velocímetro e hodômetro analógico, além de um marcador de combustível e luzes de advertência.

A economia compensa o desempenho contido do motor de 109,1 cm³, 8,3 cv e movido só a gasolina: a Biz 110i roda mais de 45 km por litro. Mas o tanque é pequeno, de apenas 5,1 litros. As motonetas ou CUBs são uma opção prática e robusta para fazer entregas.

Quais as melhores motos para trabalhar com entregas?

3 – Yamaha Factor 125i – Quais as melhores motos para trabalhar com entregas

Embora seja uma versão de entrada, a Yamaha Factor 125i é uma das mais completas da categoria e oferece um bom custo benefício. As rodas são de liga-leve, a partida, elétrica e o painel digital traz muitas informações. Seu acabamento é simples, com peças injetadas já na cor preta e apenas duas opções de cores.

Mas o preço de R$ 9.950 é um atrativo para quem procura uma moto básica só para trabalhar. O motor de um cilindro é um dos poucos de 125 cc que ainda sobrevivem no mercado. Seus 11 cv de potência são modestos, mas suficientes para rodar na cidade, onde a velocidade não passa de 80 km/h. Respeitando os limites, o consumo de combustível chega a 46 km/litro com gasolina.

A capacidade é para 15,7 litros de etanol ou gasolina, já que o motorzinho tem injeção eletrônica e sistema flex. As rodas de alumínio são de 18 polegadas* como na CG Cargo e na maioria das motos street. Na dianteira, freio a disco e, na traseira, a tambor. O sistema unificado UBS ajuda os iniciantes a frearem a Factor 125i.

 

4- HaoJue Chopper Road 150

Há quem faça questão de trabalhar com estilo e, talvez por isso, é tão comum vermos as antigas Intruder 125 nas ruas. Por isso, incluímos a substituta do modelo na nossa lista de motos para fazer entregas, a HaoJue Chopper 150.

Entretanto, seu principal apelo está na construção em estilo custom, sendo uma das poucas representantes do nicho abaixo das 800 cilindradas. Além disso, pode ser uma boa opção para o trabalho por contar com bagageiro em alumínio além de várias peças (como os para-lamas) em aço, mais resistente que o plástico.

Em comparação com a antiga Intruder, seus principais diferenciais estão nos freios e motorização. Assim, agora ela conta dom discos nas duas rodas e sistema combinado (CBS). Já o motor está um pouco mais vigoroso, especialmente em baixas rotações. Desse modo, o principal ganho está no torque, que cresceu de 0,98 kgf.m a 7.000 rpm para 1,17 a 6.000 rpm. A potência máxima subiu de 11 cv a 9.000 rpm para 11,3 a 8.000 rpm.

5- Yamaha XTZ 150 Crosser S

Como resultado, sua maleabilidade e disposição para encarar a buraqueira do asfalto – ou até da falta dele – urbano (com rodas grandes e pneus de uso misto) as distanciam das demais categorias.

Crosser 150 ou Bros 160? São duas ótimas opções e escolhemos a Yamaha pelo preço, afinal a Bros custa algumas entregas a mais, avaliada em R$ 14 mil pela Fipe.

Então, sigamos. A XTZ 150 Crosser S oferece freio ABS na roda dianteira, além de ser equipada com disco tanto na frente como atrás. Além disso, possui painel digital completo, incluindo indicador de marcha engatada, relógio, velocímetro, fuel trip, hodômetro parcial e total. Além da função ECO, que auxilia na pilotagem focada na economia de combustível.

Afinal, quais as melhores motos para trabalhar com entregas

Depende. Do seu estilo, da sua altura, do seu bolso, da condição das ruas na cidade onde você irá trabalhar. Dessa forma, corra e escolha entre um desses modelos demotos para trabalhar com delivery.

Leia Também:

Quais são as melhores motos para revenda?

Quais os lançamentos de motos para 2022?

Posts Relacionados Está matéria tem 0 comentários. Seja o primeiro!
Por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nova CG 2022
Nova NXR 160 2022